2 de outubro de 2011

Viagens...

Saltando daqui para ali, dali para acolá danço ao sabor desses beijos escritos na magia da ilusão, no brilho dos olhares trocados, desses mimos incandescentes que me enlouquecem a pele, eriçam o coração e me envolvem o corpo de borboletas... não quero parar de voar nas nuvens que me carregam por dentro dos dias, aqueles que passam vagarosamente por mim, nesse balanço do (en)canto das sereias que me deleitam o corpo de estrelas douradas. Perdida no emaranhado dedilhado entre os suspiros nus que o sol lança à lua quando esta acorda do seu sono profundo, quero ficar nessa dança que as palavras embalam e carregam ao colo, levando-me até ti! Viajo de olhos abertos, procurando recantos escondidos, perdidos, enrugados no horizonte parado do olhar selvagem do infinito da alma. No som do assobiar do horizonte navego por esses oceanos de emoções multicolores, carregadas de gestos sedutores, mergulho em águas calmas que brotam das profundezas de ti... E num riscado angular e perfeito da luz matinal que o sol desenha no meu rosto sinto os teus braços a envolverem-me em doçura, esse mel que me entorpece de amor puro...

 
Participação no tema de Outubro na Fábrica de Letras

6 comentários:

Marcela disse...

"e me envolvem o corpo de borboletas."
Oi Moi...sabe aquela coisa de "vc escreve coisas que eu gostaria de ter escrito?" então...é assim com vc
adoro! o q vc escreve
bjos

Tatiana Moreira disse...

Ler palavras assim e encher o coração de inspiração!

Um abraço carinhoso

Moi disse...

Marcela,
Esse elogio é o melhor elogio que se pode receber de alguém que nos lê. Muito obrigado! Quando se escreve espera-se sempre que do outro lado se sintam nas palavras escritas.


Beijinhos

Moi disse...

Tatiana,
Às vezes tem de se encher o peito de ar para continuar esta caminhada fabulosa que é viver!


Beijos

Utópico disse...

A melhor viagem é aquela que podemos fazer embalados nos braços da pessoa que amamos

Moi disse...

Utópico,
Essa é uma das melhores de facto!
:)